porAssessoria de Comunicação ANGAAD

III ENCONTRO PARANAENSE DE APOIO À ADOÇÃO

Vamos divulgar:

Instituto de Apoio a Adoção de Crianças e Adolescentes Trilhas do Afeto promove o III Encontro Paranaense de Apoio a Adoção com discussões em torno do tema: “Cuidado, Afeto e Família: um direito de toda criança e adolescente”

O Encontro Paranaense de apoio a Adoção é um evento realizado todos os anos, com o objetivo de promover reflexões sobre à convivência familiar e comunitária, propor a reflexão e experiências sobre adoção para construção de novos vínculos de filiação. Também para divulgar a temática da adoção, desmistificando mitos e preconceitos, propondo uma nova cultura da adoção.

Clique aqui e saiba mais!

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Sobre Adoção: O Grupo de Apoio à Adoção Pais de Coração, de Erechim-RS, lança Boletim Informativo

Vamos divulgar:

O Grupo de Apoio à Adoção Pais de Coração divulga em maio deste ano a primeira edição do seu Boletim Informativo.

Baixe o arquivo no link abaixo:

https://drive.google.com/file/d/1DXRHBGmI3LsNIyKDPSxZBRxeVv2VgtXT/view

Boletim informativo maio

Mais informações na página: https://www.facebook.com/PaisdeCoracao/

Para divulgar o seu evento sobre adoção em nossas redes sociais nos envie um email angaadcomunica@gmail.com contendo as informações acima e anexe a imagem do evento.

Use também as hastags nas redes sociais:

#AgendaAdoção #SobreAdoção #AngaadAdoção

FALE CONOSCO:

E-MAIL – angaad@angaad.org.br

Facebook – https://www.facebook.com/AngaadAdocao/
SITE – www.angaad.org.br

 

 

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Sobre Adoção: Grupo de Apoio à Adoção Legal – GRAAL ÁGAPE participaram de entrevista no programa Microfone Aberto, da Rádio Difusora Ouro Fino.

Vamos divulgar:

WWW No dia 19 de maio, os integrantes do Grupo de Apoio à Adoção Legal – GRAAL ÁGAPE, Leila Veronez e Roberto Mendonça Maranho, participaram de entrevista no programa Microfone Aberto, da Rádio Difusora Ouro Fino.

Para divulgar o seu evento sobre adoção em nossas redes sociais nos envie um email angaadcomunica@gmail.com contendo as informações acima e anexe a imagem do evento.

Use também as hastags nas redes sociais:

#AgendaAdoção #SobreAdoção #AngaadAdoção

FALE CONOSCO:

E-MAIL – angaad@angaad.org.br

Facebook – https://www.facebook.com/AngaadAdocao/
SITE – www.angaad.org.br

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Sobre Adoção: Simplesmente Amar é o slogan da Geaai que completa 6 anos

Vamos divulgar:

Simplesmente Amar é o slogan da Geaai que completa 6 anos

Dois de maio de 2012. Eis que estávamos nos preparando para as eleições do Geaai Içara (Grupo de Estudos e Apoio á Adoção) Simplesmente Amar. Esse foi o nome escolhido, pois relata muito bem o que significa adotar.

Adotamos crianças e adolescentes, e acontece algo incrível, sim, simplesmente amar, creio que possa descrever um pouco desse sentimento. Nessa noite iluminada estávamos em poucas pessoas, não tinha uma chapa para elegermos a diretoria. Então por aclamação fui eleita presidente deste grupo, juntamente com outros membros da diretoria.Era tudo muito novo, desafios os quais não conhecia, já tínhamos a nossa filha, Naila, por adoção, conhecíamos algumas histórias de adoção na cidade, era preciso ir, além disso.

Nesse dia 2 de maio já gestava nossa pequena Naiane hoje com cinco anos, momentos especiais de nossas vidas. Junto a isso o novo desafio de se levar a nova cultura da adoção. Em nossa comarca ainda se fala muito “filho de criação”. Eu particularmente nunca gostei desse termo, prefiro filho do coração.

Após o nascimento da Naiane muitos me questionavam: “Qual delas é tua filha de verdade?” Confesso que por vezes fiquei indignada me deu vontade de responder de maneira grosseira, mas me contive, apenas disse as duas são minhas filhas de verdade.

Adotar é tornar parte da nossa família, nossas filhas apenas chegaram até nós de maneira diferente. E quando alguém me pergunta sobre a diferença entre elas, apenas respondo: ”São pessoas diferentes, esse é o detalhe. Não o fato de uma ser biológico e a outra não. Cada ser carrega consigo seu jeito único de ser.

Nesses seis anos do Grupo de Estudos e Apoio á Adoção, trabalhamos informando a sociedade sobre adoção, o que para mim era um grande desafio. Sou uma pessoa tímida, nunca fui muito de falar em público, mas o amor pela causa falou mais alto.

Entre nossas conquistas estão nossa cartilha informativa, os panfletos e o calendário com famílias e os filhos adotivos. Entrevistas nas rádios, nos jornais e sites locais, tudo com muito amor. Alguns passaram pelo grupo hoje já estão com filhos, cada chegada foi uma grande alegria para nós. Outros, em conversas pelas redes sociais nos contaram das angústias da espera e da alegria das chegadas. Notícias que nos fazem felizes, de perto ou de longe, crianças e adolescentes sendo amados e felizes com as novas famílias.

Hoje, comemoramos seis anos do Geaai, continuamos lutando para que cada criança  e adolescente tenha direito a viver em família. Lutamos para conscientizar de que nenhuma criança ou adolescente deveria ser “devolvida”.Pois merecem amor e afeto.

Temos enfatizado por onde passamos que adoção é uma decisão que deve partir do coração, adoção precisa caber no coração caso contrário será em vão. Se for um casal de pretendentes essa decisão precisa partir dos dois. Com a consciência de que querem adotar para serem pai, mãe , constituírem uma família, e não simplesmente para curar as feridas ou carências.

Teremos famílias felizes com crianças e adolescentes, sendo amados e nos ensinando o amor familiar.

Eis o nosso desejo que exista muito mais a frase do lema do Geaai “SIMPLESMENTE AMAR”.

Obrigado aos leitores pela atenção.

Simone Luiz Cândido – Presidente do Geaai

https://www.facebook.com/geaai.icara

Para divulgar o seu evento sobre adoção em nossas redes sociais nos envie um email angaadcomunica@gmail.com contendo as informações acima e anexe a imagem do evento.

Use também as hastags nas redes sociais:

#AgendaAdoção #SobreAdoção #AngaadAdoção

FALE CONOSCO:

E-MAIL – angaad@angaad.org.br
Facebook – https://www.facebook.com/AngaadAdocao/
SITE – www.angaad.org.br
Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Sobre Adoção: Grupo de Estudos e Apoio à Adoção de Içara no Programa do Avesso

Vamos divulgar:

Adotar é mais que bonito!

Com esse lema, no Dia Nacional da Adoção (25/05), os voluntários do Grupo de Estudos e Apoio à Adoção de Içara invadiram o Programa do Avesso cheios de amor e noções esclarecedoras sobre os processos de adoção.

É gratificante e motivador ouvir histórias como a de Dona Marlene Michels Zata, mãe que adotou seus quatro filhos depois de sofrer oito abortos expontâneos.

Convidados:
– Marlene Michels Zata
– Eduardo (Duca) Zata / Membro do GEAAI
– Simone Luiz Cândido / Presidente do GEAAI
– Raquel Romualdo / Assessora Jurídica do GEAAI

Facebook: https://www.facebook.com/geaai.icara

Confira o Programa do Avesso completo: 

  • Fonte:Portal 40it0
  • Matéria publicada em: 28/05/2018
  • Por: Mano Dal Ponte

Para divulgar o seu evento sobre adoção em nossas redes sociais nos envie um email angaadcomunica@gmail.com contendo as informações acima e anexe a imagem do evento.

Use também as hastags nas redes sociais:

#AgendaAdoção #SobreAdoção #AngaadAdoção

FALE CONOSCO:

E-MAIL – angaad@angaad.org.br

Facebook – https://www.facebook.com/AngaadAdocao/
SITE – www.angaad.org.br

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Sobre Adoção: São divulgadas atividades do Grupo de Apoio à Adoção Legal – GRAAL, em Ouro Fino – MG

Vamos divulgar:

Na noite de terça-feira, 10 de abril, o Grupo de Apoio à Adoção Legal – GRAAL Ágape realizou sua terceira reunião na Fundação Assistencial e Educacional José Ruffo Bernardes, em Ouro Fino – MG.

O grupo é formado por pessoas da sociedade civil e tem como desafio se aproximar do judiciário para garantir o direito que a criança tem quanto a convivência familiar e comunitária. “É um grupo que vai estudar esse assunto, que vai tratar e desmistificar o assunto da adoção, que muitas vezes ainda é tratado como um tabu”, explicou Leila José Veronez, uma das fundadoras do grupo.

Leila contou que o grupo teve início em 2004, quando ela e o missionário David Edward Davis começaram a frequentar os Encontro Nacionais de Associação de Grupos de Apoio. Ela destacou a importância de se levantar a bandeira da adoção. “Precisamos incentivar as pessoas que tenham interesse. Precisamos ter um grupo que vá sentar e debater, ver como pode ajudar e ser parceiro do judiciário”, comentou. O grupo busca trazer em toda reunião alguém que está vivendo essa experiência, que já viveu e foi bem-sucedida, que quer adotar e está vivendo essa angústia, ou mesmo que esteja querendo apadrinhar (criar vínculo com a criança ou adolescente a levando para casa por período determinado, como ocorre um final de semana por mês na Casa Lar Escola Esperança e Vida). “De repetente alguém começa a apadrinhar e ela desperta para adotar”, completou Leila.

José Antônio Negri Baganha, 61 anos, bancário aposentado com formação em jornalismo, relatou sua experiência de ter adotado dois meninos há quase nove anos. “Houve uma transformação em nossa vida. Foi uma decisão tomada muito calmamente, com muita pesquisa e serenidade”, relatou Baganha. “Era um desejo nosso de ter filhos, e não conseguimos biologicamente. Então partimos para o caminho da adoção”, completou. Ele contou que hoje o mais velho está com quatorze anos e o mais novo com onze. Baganha comentou que leva uma vida extremamente normal, que não existe nada diferente de um filho biológico. “Nós nunca escondemos deles o fato de serem adotivos, serem filhos do coração. Porém, a gente não fica fazendo propaganda disso para eles o tempo todo para lembra-los que não são nossos filhos biológicos. Eles são nossos filhos e pronto”, disse. Em seu depoimento, contou que é necessário um trabalho de desconstrução e construção. “Primeiro você tem que mostrar para a criança que ela é amada, que ela é querida, que ela é bem-vinda. Em um segundo momento, começa o trabalho de formação dessa criança. Costumes, educação, comportamento”.

Os participantes trocaram experiências e conversaram sobre diversas questões relacionadas ao tema da adoção. Meire Rodrigues Machado, trabalhou durante 24 anos como assistente social do Fórum de Ouro Fino e contou um pouco sobre os procedimentos para quem deseja realizar a adoção. “O Conselho Nacional de Justiça determina que todo casal que queira adotar tem que recorrer ao Fórum. Através da assistente social, ele junta toda uma documentação, inclusive um laudo psicológico, laudo social, documentos pessoais, comprovantes de renda e monta-se um processo que vai para aprovação do judiciário”, contou. Meire esclareceu que a adoção pode ser realizada por pessoas solteiras ou casais, independente de orientação sexual, respeitando a diferença de idade de 18 anos com a criança ou adolescente que será adotada.

Reportagens no link do vídeo no Canal do YouTube:

https://youtu.be/5k_lnBORMok

https://www.youtube.com/watch?v=sDb13NvCAdo&t=3s

David Edward Davis, Diretor de Expansão da Casa Lar Esperança e Vida, e um dos fundadores do grupo GRAAL Ágape, contou que depois de ver a tristeza de crianças e adolescentes no projeto de acolhimento, que desanimavam de ter uma família quando sua família biológica não foi recuperada, buscou trabalhar em prol dessas adoções. “Eu queria ver como incentivar e divulgar nessa cidade essas adoções necessárias, de crianças maiores e adolescentes, de irmãos, de especiais, para não desanimarem e terem chances de ter uma família”, contou o missionário. “Estou nessa luta há muitos anos, plantei a semente e agora estamos iniciando nosso próprio grupo em Ouro Fino”, completou. David espera que isso possa fazer diferença com os acolhidos. “Ao invés deles terem a tristeza de ver apenas os pequeninos saírem para adoção, muitas vezes dividindo grupos de irmãos, os pequenos indo para a adoção e os grandes não, espero que os grandes possam ter alguma esperança que Deus irá providenciar também famílias para eles. Esse é o objetivo e o desejo”, concluiu.

A mobilizadora do SENAR, Riva Waldvogel, foi convidada para fazer a abertura do encontro. Em sua breve apresentação, contou uma história inspiradora sobre o tema da adoção. Ela destacou que espera contribuir com o grupo e que este é um novo passo em sua vida, sendo o SENAR a ferramenta que possibilitou sua aproximação da fundação.

A Coordenadora da Fundação Assistencial e Educacional José Ruffo Bernardes, Leila José Veronez, explicou que existe um convênio entre a fundação e a prefeitura, que passou a gerir a instituição. Ela esclareceu que o programa trata de medidas sócio educativas em meio aberto. “Aqui ninguém fica internado, ou em semiliberdade. É prestação de serviço à comunidade. O adolescente que cometeu ato infracional passa por uma audiência com o juiz, que manda ele para cá”, comentou. Leilla destacou a importância da responsabilização do ato, que precisa ser trabalhada. “Aqui ele tem algumas atividades, que não são punitivas. Ele tem cuidado com a manutenção do local, ele trabalha com o canteiro de mudas, ele tem um pouco de esporte, atividades de leituras, conversas”. Leila disse que os jovens também participam de cursos, alguns deles pelo SENAR. “A gente tenta trazer algo diversificado, para que eles venham aqui e não só façam algum trabalho, mas que também tenham alguma outra atividade, porque nós temos que descobrir nesses adolescentes a sua aptidão”, comentou a coordenadora anunciando o início do oferecimento de aulas de música.

A próxima reunião do Grupo de Apoio à Adoção Legal – GRAAL Ágape acontece no dia 08 de maio, às 19h30, na Fundação Ruffo Bernardes, e é aberta a toda comunidade. Mais informações podem ser obtidas com Leila, através do telefone (35) 99972-5055.

Para divulgar o seu evento sobre adoção em nossas redes sociais nos envie um email angaadcomunica@gmail.com contendo as informações acima e anexe a imagem do evento.

Use também as hastags nas redes sociais:

#AgendaAdoção #SobreAdoção #AngaadAdoção

FALE CONOSCO:

E-MAIL – angaad@angaad.org.br

Facebook – https://www.facebook.com/AngaadAdocao/
SITE – www.angaad.org.br

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Agenda Adoção: Conheça o Projeto Pós adoção em Londrina

Vamos divulgar:

O Grupo de Apoio à adoção Trilhas do Afeto de Londrina, Paraná, convida pais e mães para conhecer o Projeto Pós Adoção.

  • Evento: Projeto Pós Adoção
  • Dia: 12.06.2018
  • Hora: 19:30 às 21:00
  • Local: Av. São Paulo, 702, Londrina-PR
  • GAA responsável: Instituto de Apoio a Adoção de Crianças e Adolescentes Trilhas do Afeto
  • Página: https://www.facebook.com/trilhasdoafeto/
  • Mais informações: administracao@trilhasdoafeto.org.br

Para divulgar o seu evento sobre adoção em nossas redes sociais nos envie um email angaadcomunica@gmail.com contendo as informações acima e anexe a imagem do evento.

Use também as hastags nas redes sociais :
#AgendaAdoção #SobreAdoção #AngaadAdoção

FALE CONOSCO:
E-MAIL – angaad@angaad.org.br
INBOX – facebook.com/AngaadAdocao
SITE – www.angaad.org.br

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

3 Vivas para a Adoção!

Vamos divulgar:

Esta cartilha foi construída há muitas mãos, com muito carinho. Ela oferece orientação para o processo de adoção, esclarecimentos e depoimentos lindíssimos. Tivemos o privilégio de fazer parte desta construção. Realmente recomendamos a sua leitura e seu uso.

3 vivas para a adoção 2018 PDF

Você pode ler aqui mesmo no site, ou baixar conforme sua necessidade, bastando clicar no link que aparece embaixo, na página de leitura.

Vamos divulgar:
porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Boa Prática – GEAADOÇÃO BRUSQUE

Vamos divulgar:
Tema:
Busca ativa.Mês e ano que iniciou a realização da prática
5/2018

Resumo da prática (em até 3000 caracteres)
Adoção

Informar se foi compartilhada com outro GAA
Sim

Informar link(s) (opcional)
Busca ativa

Vote nesta Boa Prática - Geaadoção Brusque

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Vamos divulgar: