Tema:
Preparação para adoção, apadrinhamento afetivo e acolhimento familiar (com pretendentes e com crianças e jovens).

GAA proponente
TRILHAS DO AFETO

Mês e ano que iniciou a realização da prática
01.2014

Resumo da prática (em até 3000 caracteres)
O projeto destinado a preparação dos pretendentes à adoção, assim como ao desenvolvimento de uma nova cultura da adoção, surgiu motivado por uma iniciativa da Vara da Infância e Juventude e do Núcleo de Apoio Especializado à Criança e Adolescente da Comarca de Londrina, com o intuito de proporcionar conhecimento teórico-prático sobre adoção, a fim de auxiliar os futuros pais e mães a lidarem com a adoção no cotidiano; estimular a adoção tardia (de crianças acima de 3 anos e adolescentes), conjunta (de grupos de irmãos) e especial (de portadores de necessidades especiais). O público beneficiado abrange as pessoas que anseiam adotar, pessoas a espera da adoção, pais em processo de aproximação e adaptação, famílias constituídas por adoção, família extensa dos pretendentes à adoção, e demais interessados pela causa.

O projeto realiza-se na cidade de Londrina-PR, junto às pessoas que desejam ser pais de crianças e adolescentes através do processo de adoção, e demais interessados, por meio de:

01 – Reuniões mensais – As reuniões do grupo ocorrem mensalmente, toda terceira quarta-feira do mês, das 19:30 às 21h, estas são preparadas a partir de temáticas pertinentes a adoção, por meio de diferentes estratégias, tais como: palestras, filmes, roda de conversa, depoimentos etc. As mesmas são conduzidas por profissionais da psicologia, serviço social, direito e pedagogia.
02 – Espaço Kids – Enquanto os adultos participam das reuniões as crianças participam do “Espaço kids”, acreditamos que a convivência entre elas é uma oportunidade de desenvolvermos uma nova cultura da adoção desde a mais tenra idade. Além dos nossos voluntários, contamos com 10 (dez) estagiários do Curso de Psicologia da UNIFIL – Centro Universitário Filadélfia, que observam, participam e realizam atividades com as crianças nas reuniões mensais.
03 – Participação dos membros do Grupo de Apoio à Adoção nos cursos de preparação dos pretendentes a adoção promovidos pelo Núcleo de Apoio Especializado a Criança e Adolescente da Comarca de Londrina;
04 – Orientação aos pretendentes à adoção sempre que se faz necessário através de conversa, contato telefônico, troca de e-mails e mensagens;
05 – Publicização de leis, textos e notícias sobre adoção nas redes sociais.

Informar se foi compartilhada com outro GAA
Sim

Vote nesta Boa Prática - Trilhas do Afeto 2

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...