Categoria Formações e Concursos

porAssessoria de Comunicação ANGAAD

ENCONTRO DE PREPARAÇÃO ON-LINE PARA PRETENDENTES À ADOÇÃO – 2ª EDIÇÃO

Em atenção ao deliberado pelo Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (CCOGE), durante os trabalhos do 75º Encontro do Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil, especificamente o item 10 da Carta decorrente do referido Encontro, que determina o “incentivo das adoções necessárias através de meios e práticas que visem à ampliação do perfil dos habilitados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA)”, a Corregedoria-Geral da Justiça e o Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude (CONSIJ) realizarão, em parceria com a Escola da Magistratura do Paraná, a Comissão Estadual Judiciária de Adoção (CEJA) e a Equipe Técnica do Núcleo Psicossocial de Apoio às Varas da Infância e da Juventude de Curitiba, a 2ª Edição do Encontro de Preparação On-line para Pretendentes à Adoção.

 

 

 

 

 

A ação conta, ainda, com o apoio do Conselho Nacional de Justiça, da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude, da Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR), da Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção e do Grupo de Apoio à Adoção Consciente.

O objetivo principal é informar e orientar os pretendentes à adoção em relação aos procedimentos processuais e demais aspectos psicossociais que envolvem o processo adotivo, nos termos do art. 197-C, do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Nesta edição, o cadastro para recebimento do sinal de transmissão estará disponível para todo o país.

O link para cadastro das Comarcas que desejam receber o sinal de transmissão estará disponível, até 17.3.2018, no seguinte endereço:
http://www.emap.com.br/cursos/2018/adocao/.

Confira a programação completa e conteúdo programático:

 

 

 

 

 

 

 

Na segunda fase das inscrições, que ocorrerá entre os dias 19.3.2018 e 30.3.2018, os postulantes à adoção e demais interessados poderão se cadastrar, devendo informar o nome completo, e-mail e CPF, além de selecionar a Comarca em que acompanharão a transmissão. Vale registrar que os participantes deverão acompanhar a transmissão no Fórum da Comarca mais próxima de sua residência.

Mais Informações na página da Corregedoria-Geral da Justiça e no seguinte link: http://www.emap.com.br/cursos/2018/adocao/

Fonte: Corregedoria-Geral da Justiça e o Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude

#SomosTodosAngaad #divulgueaadocao #juntossomosmelhores #ação #direito #infanciaejuventude
#adoção #angaad #amor #crianças #família #pelodireitoafamilia #familiacolhedora

FALE CONOSCO:
E-MAIL – angaad@angaad.org.br
INBOX – facebook.com/AngaadAdocao
SITE – www.angaad.org.br

porAssessoria de Comunicação ANGAAD

Curso “Criar um Grupo de Apoio à Adoção?”

Nossa próxima empreitada será o curso “Criar um Grupo de Apoio à Adoção?”, a ser ministrado pela equipe da ONG Acalanto, de Natal/RN. Será uma oportunidade única de termos um curso de alto nível ministrado por uma equipe tão boa quanto!

O público-alvo do curso são, basicamente, dois: primeiro, a sociedade civil, através de todas as pessoas que queiram se inteirar mais sobre o tema, que tenham o interesse de adotar ou que, simplesmente, queiram contribuir para a causa, ajudando a promover esse encontro mágico, de pais e filhos. O segundo é composto de todas aquelas pessoas que integram a rede de proteção aos direitos da criança e adolescente e que, portanto, em seus espaços e por meio de suas funções, podem contribuir para causa, pois tanto podem ser agentes multiplicadores de informação, como também podem ajudar a ser uma ponte entre as famílias que precisam de proteção social, as famílias que queiram entregar seus filhos em adoção e aquelas que desejam receber um pequeno como filho.

Precisamos colocar a adoção na pauta do dia e, para isso, o poder público não pode almejar fazer tudo só: precisa da sociedade civil e da mobilização social para alcançar os mais variados espaços!

O auditório do Ministério Público em Mossoró comporta 200 pessoas. Gostaria de vê-lo lotado de pessoas. Mas, se para lá só acorrer um punhado de gente, que seja de pessoas dispostas a fazer a coisa acontecer e tornar esse mundo ser um local melhor para nossos pequenos!

Abraço a todos!

Sasha Alves do Amaral – Promotor da Infância de Mossoró.

PS: quem quiser, pude divulgar essa mensagem e os posts em outros grupos de que façam parte (de trabalho ou privados) e que julguem sejam espaços estratégicos.

 

porAssessoria de Comunicação ANGAAD

I SIMPÓSIO PRÁTICAS NA ADOÇÃO: REFLETIR, INTEGRAR, COMPARTILHAR.

Clique aqui e inscreva-se

Data: 17/11/2017.

Local: Auditório Fundação Pão dos Pobres – Porto Alegre, RS

Público alvo:

Profissionais da Rede de Proteção, Psicólogos, Assistentes Sociais, Conselheiros Tutelares, profissionais da área da saúde, Instituições de Acolhimento, Instituições de Ensino Superior e estudantes.

Objetivo Geral

Refletir sobre as práticas adotadas nas diversas regiões do Estado e seus resultados nos processos de adoção.

Objetivos Específicos

  1. Ampliar o diálogo entre as Instituições visando a uniformidade, celeridade e qualificação para as práticas nos processos de adoção
  2. Socializar projetos que tomam como base o fortalecimento do diálogo e da articulação entre Instituições de Ensino Superior, Judiciário e Sociedade Civil.
  3. Fomentar políticas conjuntas das Instituições para o processo de habilitação, preparação e apoio à adoção fortalecendo vínculos e parcerias.
  4. Socializar, debater e compartilhar políticas e práticas desenvolvidas pelas Instituições e Equipes Técnicas, fortalecendo a produção acadêmica sobre esta temática.
  5. Oportunizar espaço de levantamento de demandas dos diversos atores.

JUSTIFICATIVA:

O Simpósio Práticas na Adoção é um evento realizado pela Elo- Organização de Apoio à Adoção, que pretende reunir equipes técnicas do judiciário, profissionais da saúde, conselheiros tutelares, estudantes, professores, com vistas a refletir sobre a as práticas na adoção através de três temas centrais: Entrega Consentida; Habilitação e Preparação para Adoção; Estágio de Convivência e Devolução.

Programação

8h30 – Recepção e credenciamento.

9h –   Cerimônia de Abertura

9h30- Mesa 1: ROMPIMENTO DE VÍNCULOS

Entrega em Adoção – Saída da Família – Chegada ao Acolhimento

11h30- Almoço

13h – Mesa 2: PREPARAÇÃO PARA A ADOÇÃO

Preparação dos Pretendentes – Preparação das Crianças e Adolescentes

14h45- Coffee break

15h – Mesa 3: FORMAÇÃO DE VÍNCULOS

Evitando a Devolução – Trabalho  Clínico com as Famílias – Grupos de Apoio

17h45 – Encerramento e entrega de certificados.

porwebmaster

UMA FAMÍLIA PARA UMA CRIANÇA | DIÁLOGO SOCIOJURÍDICO

UM DIÁLOGO ENTRE O LEGISLATIVO, EXECUTIVO, JUDICIÁRIO E SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA SE FAZ NECESSÁRIO NESTE MOMENTO

– * – V A G A S L I M I T A D A S – * –

PALESTRANTES CONFIRMADOS

CLAUDIA CABRAL, Diretora Executiva da Associação Brasileira Terra dos Homens | Rio de Janeiro/RJ;

DAYSE BERNARDI, Associação dos Pesquisadores de Núcleos de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente (NECA) | São Paulo/SP;

EDUARDO REZENDE MELLO, Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo | São Paulo/SP;

MARIANA MACHADO, Diretora do Departamento de Proteção Social Especial do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS);

MURILLO JOSÉ DIGIÁCOMO, Promotor de Justiça titular da 21ª Vara da Cível da Comarca de Curitiba | Curitiba/PR;

RAQUEL SANTOS PEREIRA CHRISPINO, Coordenadora da Cevij – Coordenadoria Judiciária de Articulação das Varas da Infância e Juventude e Idoso | Rio de Janeiro/RJ;

REINALDO CINTRA CARVALHO, Vice-coordenador da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo | São Paulo/SP;

SILVANA DO MONTE MOREIRA, presidente da Comissão de Direitos das Crianças e dos Adolescentes da OAB-RJ e presidente da Comissão Nacional de Adoção do IBDFAM – Instituto Brasileiro de Direito de Família | Rio de Janeiro/RJ;

VALÉRIA BRAHIM, Associação Brasileira Terra dos Homens | Rio de Janeiro/RJ.

Entre outros.

DATAS | 23 e 24 de novembro de 2017.

LOCAL |  Novotel Rio de Janeiro Porto Atlântico
(Av. Prof. Pereira Reis, 49 | Santo Cristo, Rio de Janeiro/RJ)

HORÁRIO | das 9h às 18h

INSCRIÇÕES | https://goo.gl/forms/XKNYIHuHpzYMvBMU2

Outras informações | terradoshomens@terradoshomens.org.br ou ligue (21) 2544.0231

porwebmaster

X Semana de Valorização da Primeira Infância

CLIQUE NO BANNER  PARA SABER MAIS

porwebmaster

Prorrogadas as inscrições para Pós-Graduação em Direitos Humanos do IEP/MPRJ – PUC-Rio

porwebmaster

Inscrições para “1ª Preparação on-line de Pretendentes à Adoção” podem ser realizadas até 6 de outubro

Em atenção ao deliberado pelo Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil (CCOGE), durante os trabalhos do 75º Encontro do Colégio Permanente de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil, especificamente o item 10 da Carta decorrente do referido Encontro, que determina o “incentivo das adoções necessárias através de meios e práticas que visem à ampliação do perfil dos habilitados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA)”, a Corregedoria-Geral da Justiça desenvolveu, em conjunto com o Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude (CONSIJ), a “1ª Preparação on-line de Pretendentes à Adoção”.

O objetivo primordial é informar e orientar os pretendentes à adoção em relação aos procedimentos processuais e demais aspectos psicossociais que envolvem o processo adotivo, conforme previsto no art. 197-C do Estatuto da Criança e do Adolescente.

No entanto, também podem participar pessoas em processo de habilitação para adoção ou já habilitadas, Juízes, Promotores de Justiça, Equipe Técnica do Juízo, Servidores dos Serviços de Acolhimento, Conselheiros Tutelares, Técnicos da Rede de Proteção e Servidores da Vara da Infância e da Juventude.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de outubro, pelo CONSIJ, por meio mensageiro para o login ACK ou pelo telefone (41) 3210-0956. Até o momento, 37 (trinta e sete) Comarcas manifestaram interesse em receber as transmissões on-line.

A preparação, que é direcionada especialmente às Comarcas que ainda não contam com Equipes Interprofissionais, é constituída por 6 (seis) módulos, apresentados por 6 (seis) instrutores em 2 (dois) encontros semanais, com duração total de 3 (três) semanas.

Texto: Corregedoria-Geral da Justiça.

As transmissões começam na Semana da Criança – segunda semana do mês de outubro – e seguirão a seguinte programação:

 

Módulo I

Des. Rogério Luis Nielsen Kanayama,

Des. Ruy Muggiati e

Dr. Sérgio Luiz Kreuz

10 de outubro de 2017

Noções introdutórias sobre a adoção

Módulo II

Técnicas da Vara de Infância

17 de outubro de 2017

A vara da infância

Intervenções realizadas até a colocação em família substituta na modalidade de adoção

CNA

Dados sobre adoção – Habilitados x crianças disponíveis

Como acontece o processo de adoção? Etapas – indicação, período de aproximação, estágio de convivência, sentença

O prenome

O período de adaptação

MODULO III

Técnicas da Vara de Infância

19 de outubro de 2017

Adoção de crianças maiores

Características

Preparação e acompanhamento

Idealização na adoção

Escolha do perfil

A visão da criança sobre o processo de adoção

Reedição do abandono – devolução

MÓDULO IV

Equipe da Comissão Estadual Judiciária de Adoção

24 de outubro de 2017

A História do Abandono

Características da Criança Maior em Situação de Acolhimento

Mitos que Constituem a Cultura da Adoção de crianças Maiores

MODULO V

Grupo de Apoio Adoção Consciente

26 de outubro de 2017

Importância da preparação

Conceitos de adoção

Quem quer ser adotado

Quem pode adotar

Motivação

Dores dos pretendentes

Luto da infertilidade

Perfil das crianças existentes

Genética

Sonho das crianças

MODULO VI

Grupo de Apoio Adoção Consciente

31 de outubro de 2017

Preparar

Dores das crianças

Pertencimento

O filho adotivo

Adoção de crianças maiores

Uma reflexão sobre a desistência da adoção

Pais: autoconhecimento

Depressão

 

Mais informações na página da Corregedoria-Geral da Justiça do TJPR: https://www.tjpr.jus.br/corregedoria.