NOTA PÚBLICA ANGAAD – 223/2023

A Associação Nacional de Grupos de Apoio à Adoção, junto aos mais de duzentos Grupos de Apoio à Adoção de todo o país, vem manifestar repúdio a comentários ofensivos, disfarçados de humor, que afetem direitos de crianças e adolescentes, no âmbito da Adoção.

Recentemente, houve interação de humorista, em espetáculo de stand up comedy, com um adolescente que estava na plateia. Visando menosprezá-lo, o comediante passou a usar a hipótese de que o menino fosse adotado e que seus acompanhantes não seriam seus pais. Agindo assim, o humorista assumiu o risco de violentar não apenas o interlocutor direto, mas também os filhos adotivos reais, e suas famílias, que eventualmente estivessem na plateia. As consequências foram ampliadas, eis que ele compartilhou o compilado de falas em sua rede social aberta, afetando um sem número de famílias adotivas brasileiras.

A violência do discurso confronta o objetivo principal do humor: levar ao riso. Mesmo alertado, o autor escolheu permanecer agredindo aqueles que já sofreram negligências e violências, antes de encontrarem o afeto na família definitiva. O autor ultrapassou o limite entre o engraçado e o ofensivo, alegando a liberdade criativa do humor. Porém, a criatividade artística não é valor absoluto nem superior à integridade psicológica das pessoas. Fazer humor depreciando estereótipos ou características de grupos minoritários colabora para perpetuar preconceitos.

A lei brasileira impõe a necessidade de proteção integral à criança e ao adolescente, inclusive quanto à igualdade de tratamento a filhos, qualquer que seja sua forma de vinculação parental. A liberdade de expressão não se confunde com imunidade para manifestação nem afasta consequências legais e sociais.

Deve ser repelida a difusão irresponsável de ideias preconceituosas. É preciso respeitar as pessoas e suas histórias de vida, bem como conhecer as práticas de atitudes adotivas.

Uberaba/MG, 02 de agosto de 2023.

ANGAAD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.