TJPE, Gead e Homem da Meia-Noite juntos em defesa da adoção

“Adoção: amor gigante” é o nome da nova campanha promovida pela agremiação carnavalesca olindense “O Homem da Meia  Noite” em 2023, em parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e o Grupo de Apoio à Adoção do Recife (Gead-Recife). O lançamento da campanha ocorreu na manhã desta quarta-feira (23/11), por volta das 10h30, no pátio do Centro Integrado da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), no bairro da Boa Vista, no Recife. O pontapé inicial da ação foi o anúncio público da adoção do boneco Calunguinha pelo Homem da Meia Noite, uma das instituições mais antigas e tradicionais de Olinda. O evento contou com a presença do presidente do Judiciário estadual, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo, e do presidente do clube carnavalesco, Luiz Adolpho.

A parceria com o Homem da Meia Noite foi celebrada pelo TJPE. “Estamos tratando de duas coisas gigantes, o Calunga de Olinda, das ladeiras de Olinda, e a da promoção da prática da adoção, que é super importante para a vida. Queremos incentivar a adoção de crianças e adolescentes que vivem em instituições de acolhimento. Não podemos deixá-las lá sem direito a uma família. Estamos juntando essas duas forças para motivar a população a abraçar essa causa” declarou o presidente do TJPE, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo.

“Essa parceria em prol da adoção é fundamental. Nós precisamos pensar sempre no outro. Adoção é uma ação coletiva. Infelizmente a sociedade construiu um mundo individualista e está na hora de construirmos a bandeira da coletividade. O Homem da Meia Noite e o TJPE estão engajados em promover a adoção. Todos os anos nós realizados ações sociais. Neste ano, temos essa parceria com o Tribunal e o Gead. O Calunguinha foi criado há mais ou menos cinco anos como um mascote. Então, nestes anos, resolvemos que o Homem da Meia Noite praticaria esse ato de adoção e promover essa campanha”, afirmou o presidente do Clube O Homem da Meia Noite, Luiz Adolpho.

Foto da entrega da estatueta do Homem da Meia Noite ao psicólogo Luiz Schettini pelo presidente do clube carnavalesco, Luiz Adolpho

Durante o evento, o trabalho do psicólogo pernambucano Luiz Schettini Filho, 87 anos, em prol da adoção por mais de 50 anos foi homenageado pela agremiação carnavalesca. O presidente do Clube, Luiz Adolpho, presentou o psicólogo com uma estatueta do Homem da Meia Noite. Schettini é co-fundador do Grupo de Apoio à Adoção do Recife (Gead-Recife) que, há 25 anos, promove a defesa do direito de todas as crianças e adolescentes de terem uma família que os cuidem, amem e protejam. Sua carreira como psicólogo também foi dedicada ao atendimento de crianças e adolescentes e ao ensino na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), onde é professor aposentado. Pai por adoção de cinco filhos, o psicólogo tem 24 livros publicados, dois quais 8 são dedicados ao tema adoção. Já recebeu a medalha do mérito Joaquim Nunes Machado do TJPE – Grau comendador, em duas ocasiões.

“É uma honra estarmos aqui. Esta estatueta é do prêmio Gigante Cultural que realizamos há mais de 17 anos, prestando homenagem a diversas personalidades. Além de receber a estatueta, o nome dos homenageados também fica registrado na sede do Homem da Meia-Noite. Nada mais justo e especial que oferecer esse prêmio a este homem que tem na sua trajetória o ato de pensar no outro, de acolher as pessoas. É com muita honra que o Homem da Meia Noite faz essa homenagem a Luiz Schettini Filho com essa estatueta que representa os 91 anos de história da agremiação”, disse o presidente do Clube, Luiz Adolpho.

Em seu discurso de agradecimento, o psicólogo Luiz Schettini enfatizou que a homenagem recebida é resultado de um trabalho coletivo. “Eu só tenho que agradecer. Esse prêmio não é individual. É fruto de uma atividade coletiva. De modo que as ações que eu possa ter feito individualmente só puderam acontecer por conta das pessoas que fizeram na realidade uma parte importante desse trabalho. O Gead, que é um grupo de apoio a aqueles que querem adotar, é um exemplo. Hoje, o movimento em prol da adoção em Pernambuco é referência no País e devemos isso também ao magistrado Luiz Carlos de Barros Figueirêdo. Eu gostei muito do termo ‘Amor Gigante’ usado hoje neste evento. Daqui para frente, a gente tem um diferencial em relação à construção de um caminho afetivo na adoção. Teremos que falar que a adoção é de fato um amor gigante. O nosso amor sempre foi gigante, mas nunca havia sido nomeado dessa forma e isso nos dá um ânimo enorme e extraordinário. Obrigado por essa lembrança”, afirmou Schettini.

Foto do Homem da Meia Noite com o seu filho adotivo, o boneco Calunguinha

A cantora Nádia Maia e os cantores Ed Carlos e Rogério Rangel interpretaram frevos de bloco com o acompanhamento de uma orquestra de frevo e de passistas durante a cerimônia.

 

 

…………………………………………………

Texto: Bruno Brito | Ascom TJPE

Fotos: Assis Lima | Ascom TJPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.